trade markers

Jan 04

imprimir e colar no notebook yes?

Jan 03
i’ll do most anything

i’ll do most anything

Oct 31
lembrei  do pier de Santa Monica, das palmeiras balançando levemente, da falta  de ar que dava ficar vendo o mar de cima daquela roda gigante. lembrei  das noites regadas a gargalhadas e sakê no Sushi King, aquele no  cruzamento da 14th com a Wilshire que tem o melhor sashimi de toda a  praia. lembrei de Joshua segurando minha mão e dizendo que me amava e  que Portland não era tão longe e que o outono não iria nos separar.  prefiro esquecer.
lembrei do pier de Santa Monica, das palmeiras balançando levemente, da falta de ar que dava ficar vendo o mar de cima daquela roda gigante. lembrei das noites regadas a gargalhadas e sakê no Sushi King, aquele no cruzamento da 14th com a Wilshire que tem o melhor sashimi de toda a praia. lembrei de Joshua segurando minha mão e dizendo que me amava e que Portland não era tão longe e que o outono não iria nos separar. prefiro esquecer.
May 03
2originalcents:


SANTANA: Okay, you know what? Why don’t you just settle down and let Autie Tana here tell you a little story. It’s about you. You’re what we call a “late in life gay”. You’re going to stay in the closet, get married, get drunk to have relations with your wife, have a couple kids, maybe become a state senator or a deacon, and then get caught in the men’s room tapping your foot with some page, and you know what? I accept that about you.
DAVE: Why are you doing this?
SANTANA: Because I need you, and you need me.

His voice TT^TT

2originalcents:

SANTANA: Okay, you know what? Why don’t you just settle down and let Autie Tana here tell you a little story. It’s about you. You’re what we call a “late in life gay”. You’re going to stay in the closet, get married, get drunk to have relations with your wife, have a couple kids, maybe become a state senator or a deacon, and then get caught in the men’s room tapping your foot with some page, and you know what? I accept that about you.

DAVE: Why are you doing this?

SANTANA: Because I need you, and you need me.

His voice TT^TT

May 03
how gay can you get?

how gay can you get?

Mar 18

Para Raons,

por merecer muito mais do que uma guerra inútil.

Mar 18

carta de amor

Pra começar deixando claro, você não foi a pessoa que eu mais amei em toda a minha vida. Mas excetuando amores automáticos como mãe, melhor amigo ou um animal de estimação, eu nunca gastei tanto tempo desejando que o cosmos cuidasse de alguém como gastei com você. Fico imaginando as razões desse sentimento tão violento, já que só nos encontramos uma vez, e mal pude encostar em você. Me ocorrem várias possibilidades, que servem apenas para que eu volte a estaca zero e me lamente por ter feito tantas escolhas erradas. Uma delas é o fato de você ser um estereótipo perfeito daquilo que eu sempre sonhei ver numa pessoa: um pouco de ingenuidade, autoconfiança na medida certa, uma leve –não adianta dizer que não- hipocondria que junto com os óculos e o cabelo curto te deixavam com o aspecto muito próximo daquilo que se chama de nerd, e acima de tudo uma incrível sensibilidade com o mundo. Você é das poucas pessoas que consegue deixar o medo e a agonia entrarem pelos seus poros na mesma porção da mais absoluta paz. Foi uma das coisas que deu pra notar nas poucas palavras que trocamos ao longo daqueles meses. Outra possibilidade deve ser o fato de você morar longe. Ok, a Paraíba é aqui do lado, mas eu jamais passaria 4 horas num ônibus, seja lá por que razão fosse. Parece mesquinho vindo de alguém que diz amar tanto, mas eu não vou me estender sobre a minha necessidade de manter meus pés no chão e à baixa velocidade, essa história você já conhece. Fato é que por não poder estar por perto quando sua cabeça pendesse pra fora da janela desse apartamento solitário e mal mobiliado em que tu moras, eu não iria ter muitas chances. E aproveito pra fazer uma confissão, já que estamos tão próximos agora: eu queria ter sido o primeiro. O primeiro a ver de perto as paredes brancas sem ser pela webcam, o primeiro a ouvir confidências sem ser pelo celular, que inclusive devemos agradecer a TIM pelos interurbanos baratos, o primeiro a te ajudar com o peso de ser você, afinal. Olhando do lado de cá mais de um ano depois, faz sentido que não tenha sido eu. Naquela época eu mal sabia quem eu era, nem como me ajudar, não imagino como faria isso por outra pessoa; mas a intenção era das melhores, e se fosse pra me descobrir errado, preferia que fosse tentando. Quando você me disse que estava namorando, feliz, descobrindo uma nova vida a cada segundo, eu me senti a pior pessoa da face da terra, e não foi por rejeição, que fique bem claro. Foi só por inveja mesmo, essa felicidade de encontrar o novo se esvaiu de mim há muito tempo e não dá sinais de que vai voltar. De qualquer maneira, é bom avisar que eu não desejo que sua felicidade acabe porque eu não atingi a minha; ainda acho muito injusto eu ver as pessoas passando à minha frente e sendo felizes antes mesmo de eu conseguir falar algo, mas isso só dura o tempo de eu perceber que elas merecem mais do que eu. E dentre elas você com certeza é uma das que mais merece. Com certeza não falei tudo que gostaria, mas já me alonguei demais e deixei esse texto muito meloso, mas enfim, lembre-se de mim todas as vezes que colocar os pés dentro de um cinema e saiba que você estará em meus pensamentos a cada palavra em francês que eu pronunciar.

Bonne chance, Felipe André.

ps.: ocorreu tudo bem na mudança?

ps2.: cira, regina e nana estariam com vergonha de mim por conta dessa carta.

Mar 02
Scott Pilgrim Contra o Mundo
Edgar Wright, Estados Unidos, 2010

para todo mundo que se acha dentro de um videogame once in a while.

Scott Pilgrim Contra o Mundo

Edgar Wright, Estados Unidos, 2010

para todo mundo que se acha dentro de um videogame once in a while.

Jan 07

pedido

Houvesse Deus e os deuses

a fim de que lhes pedisse:

o coração em que penso, por

mais frases e bocas que beije,

todas ache feias e frias, e que,

amanhã, ao despertar, ou à saída

da boate, pense em mim quando

a luz do dia sobre ele se desate.

eucanaã ferraz

Jan 03

A Ponte das Artes

Eugène Green, França, 2004

—————————————————-

para Nando,

que tanto me ensinou sobre a alegria de celebrar a arte.